Beleza Mental

Francisca Aumentou a sua Beleza Mental ao Aprender a Controlar os seus Pensamentos

Francisca Aumentou a sua Beleza Mental ao Aprender a Controlar os seus Pensamentos

Era uma tarde de domingo, e Francisca Alves, 35 anos, moradora da cidade de Santo André, na Grande São Paulo, estava há pelo menos duas horas sentada em uma praça, próxima à sua casa, sem conseguir se levantar.

“Fiquei em pânico, não conseguia ao menos mover minha perna. Era como se uma corda me prendesse àquele lugar”, revela. O pânico de Francisca tinha um motivo: os vários problemas que vinha enfrentando na sua vida financeira, após uma decisão mal tomada na empresa da sua família.

Francisca era uma empresária muito bem-sucedida até então. Filha única, herdou do pai uma empresa de logística, que sempre teve resultados financeiros importantes, desde a sua fundação há mais de 30 anos. Mas, com a morte do pai, e a separação do marido, sua vida entrou em colapso.

De repente, era como se Francisca não conseguisse mais tomar qualquer decisão que fosse bem-sucedida para a empresa. Afinal, mesmo atuando diretamente no dia-a-dia da empresa, ela sempre ficou mais nos bastidores, enquanto seu pai e marido tomavam as decisões.

Ficar frente à frente da empresa, fez com que ela se deparasse com situações novas, que exigiam dela grande autoconhecimento , já que muitas vezes a postura de funcionários e fornecedores, exigia um posicionamento, digamos mais “duro”, o que não fazia parte de suas caracteristicas pessoais.

De repente, os problemas começaram a aparecer e deixaram Francisca totalmente sem ação. Era aumento de custos importantes na empresa, dificuldade de comunicação com os fornecedores e funcionários, dívidas que começaram a aparecer sem que ela tivesse conhecimento prévio, dentre outros problemas.

 

De uma hora para outra, Francisca se sentiu sem chão, sem qualquer alicerce para continuar na gestão da empresa. A gota d’agua foi a descoberta da doença da mãe, a única conselheira em quem realmente confiava.

O excesso de problemas, fez com que ela entrasse em pânico, e ficasse totalmente sem ação, naquela tarde de domingo. Foi a partir daí que Francisca tomou uma decisão que iria mudar os rumos da sua história.

Francisca descobriu que um dos maiores vilões em toda aquela situação, eram os pensamentos, que não paravam de chegar, levando à uma ansiedade extrema, sem que ela verdadeiramente tomasse conta da situação! Os pensamentos acabavam gerando uma série de emoções negativas, que comprometiam não só a sua saúde física, mas acabavam comprometendo os seus resultados financeiros.

 

Naquele momento, ela descobriu que precisava de ajuda. Começava a identificar o problema, mas não conseguia saber em que direção tomar o primeiro passo. A lembrança de uma colega do ginásio, que acabou fazendo medicina, fez com que ela a procurasse logo na segunda-feira.

Uma consulta rápida com a amiga pelo telefone, fez com que ela tomasse consciência que não eram só os pensamentos que a estavam intoxicando. Desde que os problemas começaram a aparecer, Francisca buscava na alimentação, rica em carboidratos, a fuga para vários problemas.

Por isso, o primeiro passo foi visitar um endocrinologista, que logo no inicio a alertou sobre os problemas de uma alimentação baseada em excesso de carboidratos.

Lá, Francisca descobriu que, além de comprometer a saúde e a anergia do corpo, a Beleza Física, esse tipo de alimentação compromete em muito a Beleza Mental. Recentemente, um programa alimentar proposto pelo neurologista e nutricionista americano David Perlmutter prega que alimentos ricos nesse nutriente – principalmente os que contêm glúten – não só engordam como também matam o cérebro aos poucos. O médico é enfático em suas declarações, e destaca que alimentos com excesso de carboidrato estão diretamente relacionados à doenças cerebrais degenerativas.

Depois disso, Francisca buscou ajuda de uma médica especializada em transtornos da mente, como TDAH (Transtorno de Deficit de Atenção) e Ansiedade. Logo na primeira avaliação, onde foram examinados 25 pontos em seu cérebro, veio o diagnotico. Francisca era portadora de TDAH, o que, entre outras características, acabava gerando uma grande quantidade de pensamentos e “ruminações”, sobre o que fazer e não fazer, impedindo a tomada de decisões.

Com o diagnóstico, Francisca começou a se tratar, e passou ter um controle muito maior dos pensamentos e consequentemente, das emoções. Poucos meses depois, contratou um profissional da área de recuperação de empresa, com larga experiencia, que permitiu que a empresa novamente retomasse o crescimento.

Hoje a empresa de Francisca é destaque entre as empresas de logística no Brasil. E para ela, nada melhor que o autoconhecimento, e uma maior consciência sobre a sua Beleza Mental, especialmente sobre a origem dos pensamentos, que estavam comprometendo todos os seus resultados.

Para entender mais sobre a ordem de cada uma das belezas no Beleza Sustentável, clique aqui!

 

Beleza Mental

More in Beleza Mental